segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Sweden Laundry (K-Drama)

Annyeonghaseyo! Como vocês estão? Passei um tempinho sumida, é verdade, mas estou de volta trazendo essa novidade para vocês... Vi uma notícia no DramaFever listando cinco razões para assistir a esse drama. Apesar de o meu inglês não ser dos melhores acabei me interessando por ele... No entanto, se você quer algo muito mirabolante ou bastante complicado não vai encontrar nesse drama. Sweden Laundry é um drama divertido, tranquilo e bem leve, super indicado para quem quer algo instigante, mas sem grandes reviravoltas...

Título: 스웨덴 세탁소/ Seuweden Setakso/ Sweden Laundry (Lavanderia Sueca)
Direção: Jung Hwa Suk
Roteiro: Kim Yoon Hee & Lee Eun Young
Gênero: Comédia, Drama, Fantasia, Romance
Publicação: K-Drama - 16 episódios (2014)
Nota♥♥

Sweden Laundry, drama coreano (2014)

Sinopse: Kim Bom (Song Ha Yoon) perdeu seu emprego precioso... vivendo um período como desempregada, Bom não tem sossego com a sua mãe (Hwang Young Hee) lhe cobrando que vá arranjar um novo trabalho. A verdade é que a família de Bom é super escorona e todos dependem do seu dinheiro para se sustentar e manter seus luxos. Nesse ínterim, Bom recebe o dinheiro da sua rescisão e com ele decide abrir uma lavanderia, mas o mais interessante é que depois de ter sonhos super esquisitos com a sua falecida avó (Lee Yong Yi), Bom descobre que tem o poder de ver a preocupação de seus clientes só em tocar em suas roupas.



Em primeiro lugar, eu só queria entender por que cargas d'água a Bom não se ajeitava? Sério, minna... Eu até curto personagens que não estão tão preocupadas assim com a sua aparência, mas a Bom é um caso sério! Se ela ajeitou o cabelo depois que reencontrou seu amor de infância, Park Ki Joon (Kim Iam), por que não fez isso antes? Ou por que não vestir roupas melhores? Parecia até que ela estava usando pijamas 24 horas por dia. Mas ok, acho que eu sobrevivo... até porque, eu até pensaria em dar um tapa no visu se reencontrasse um antigo amor... e como a Bom é louca por seu "oppa" a gente entende... *---* 

O interessante é que depois que ela muda o visual, ela mantém o cabelo liso e não frisado... Ufa!! Ainda bem, era muito estranho o cabelo dela naquela permanente horrorosa... Mas era horrível por dar um aspecto de mal cuidado... Enfim, a Bom não cuida muito de si mesma, essa é que é a verdade. Ela até faz umas coisas bem estranhas, como por exemplo, pegar comida que estava caída no chão e comer (mesmo que fosse "investigando" a farra do jantar sem ela, foi muito nojento).



A princípio, a família da Bom parece apenas sugar seu dinheiro e dá muita raiva de como eles são fúteis e manipuladores. O irmão mais velho da Bom, Eun Chul (Oh Sang Jin) é um chato de galochas. O cara tem 31 anos, terminou a graduação de Direito, mas não trabalha. Ele passa o dia em casa estudando ou indo à universidade para continuar estudando. Ele não faz nenhuma coisa da vida a não ser estudar para o tão falado exame da ordem (equivalente à OAB). Para ter uma noção, o cara é tão sem noção, que até quando a melhor amiga da Bom, Bae Young Mi (Bae Noo Ri) se declara para ele, o ser humano rejeita os sentimentos dela só porque ela escreve errado (ok, eu entendo a dor que ele sentiu, uma garota tão linda como Young Mi escrever super errado, quem nunca passou por uma decepção ortográfica amorosa que atire a primeira pedra)... mas entendam, o cara tem 31 anos e só pensa em estudar! E sem mencionar que é um chato. "Mãe, você esqueceu de dar o meu remédio", ou "Meu cérebro precisa comer carne para que eu possa aprender mais e estudar melhor"... blá blá blá ¬¬



Eun Sol (Hwang Seung Eon) é a irmã mais nova de Bom. No começo, ela me dava nos nervos com sua mania por comprar roupas novas e posar de celebridade... Ela é atriz, mas sempre dá a entender que ela só fez papéis pequenos e se acha "a atriz". Com o decorrer dos capítulos, a gente vai percebendo uma Eun Sol que realmente sonha em ser atriz e que realmente se esforça para isso. Mas apesar de tudo, ela ainda é muito fútil e vive pensando apenas na aparência e nada mais. Precisa usar a melhor roupa, fazer cirurgia plástica e na história ela só tem 22 anos!



Mas acho que o pior de tudo é a mãe de Bom. Descaradamente, ela sempre demonstrou gostar mais de Eun Chul e Eun Sol do que de Bom. Isso é bem descarado mesmo e tem horas que dá vontade de pegar essa mulher e sacudi-la bastante, como assim, sua coisa?!! Você tem três filhos! Mas infelizmente, se na vida real isso também acontece, um drama só pode ilustrar coisas da vida real, né? No entanto, à medida que os episódios vão passando você vai percebendo que a família da Bom nem é assim tão ruim. Você descobre o que aconteceu com o pai de Bom, descobre porque a mãe de Bom odeia o Natal, percebe que ela detesta o fato de Eun Chul não ser médico, enfim... A mãe da Bom não é tão asquerosa assim. Na verdade, você vai percebendo que toda família é imperfeita e não poderia ser diferente com a família da Bom.



A história vai ficando mais interessante (mas sempre dá uma morgadinha ao longo dos episódios, por causa dos problemas alheios que a Bom tem que "resolver") quando vai se formando um triângulo amoroso entre Bom, Ki Joon e Yong Soo Chul (Chang Jo). Ki Joon é dentista e formado numa universidade famosa dos Estados Unidos. Ou seja, um partidão! Tão bom partido que a mãe da Bom tenta empurrá-lo para Eun Sol (que não está nem aí para ele). Soo Chul é um garoto que trabalha como ilustrador. Ou seja, não tem muitas condições financeiras, mas ajuda a Bom na lavanderia, é o presidente do fã-clube da Eun Sol (até desistir) e é um cara que conhece muita gente.



Entrando em mais detalhes... Ki Joon é quase da família. A mãe de Bom leva comida para ele no consultório e mais: ainda deixa que todos acreditem que Ki Joon é seu filho. Achei meio lento como esse triângulo amoroso foi formado. A Bom fica toda atrapalhada quando vê o Ki Joon. Quando eles jantam juntos, quase nada acontece. É como se o Ki Joon não tivesse muito interesse na Bom.

Além disso, ele sempre a vê em situações super constrangedoras, como no dia de Natal em que ela estava toda lambuzada de macarrão de feijão preto, ou quando ela estava com câimbra e ele a viu dormindo embaixo do toucador e ela saiu pelo chão se rastejando e pedindo que ele não a ajudasse ou não se aproximasse. Impossível não ajudar ou não se aproximar de alguém que tá caindo, né? Cada situação tensa!! Mas enfim... o mais triste e mais instigante é saber o que aconteceu com o ingresso do cinema... por que será que ele não foi encontrá-la naquele dia?




Mas para complicar um pouco mais esse romance, Ki Joon tem uma garota em sua vida. Será que ela é mesmo uma ameaça para Bom? Ki Joon sente algo mais profundo por essa garota misteriosa? E Soo Chul? O cara simplesmente cai de paraquedas na vida de Bom e quando menos se espera já é seu ajudante (?) na lavanderia. A relação de Bom e Soo Chul no início é de ódio, mas depois uma forte amizade nasce entre os dois. Eles se dão muito bem juntos, mas Soo Chul só vem perceber que está apaixonado por Bom quando um antigo colega seu aparece e ameaça seduzir Bom (o que não acontece, claro).

[Desabafo: Acho que eu sou muito ansiosa... acho não, tenho certeza! risos. Mas devo confessar que me dava muita agonia chegar até mais ou menos metade do drama e não ver nenhum romance emplacando. A coisa é tão devagar que você não consegue sentir nenhuma química da Bom com nenhum dos rapazes, mas vão com fé... as coisas melhoram...]



As aparições da vó de Bom são super hilárias... A velhinha é arretada e super namoradeira... Gente, uma loucura! Mas também é a avó da Bom que faz com que ela tenha o poder de ver a preocupação das pessoas e faz com que ela tenha obrigação de ajudá-las, caso contrário, ela terá muita má sorte. Pensando bem, isso nem é um dom, é uma super dor de cabeça - risos. As encrencas nas quais a Bom se mete para ajudar a resolver os problemas alheios são super engraçados, mas meio cansativos... A história fica muito presa aos problemas dos clientes e pouca coisa evolui na vida da Bom, sobretudo, na parte amorosa.



Mas, em particular, gostei muito como a Bom resolveu o problema da sua irmã e mais do que curti o episódio no qual a Young Mi dá uma surra nas garotas que agrediram sua melhor amiga usando macarrão. Gente, a Young Mi é uma peça! Adorei ela! E adivinhem, a Young Mi é uma agiota na história, mais surreal ainda de se imaginar ter um amigo assim (nada a ver com os agiotas que a gente ouve falar). E ela é persistente, viu? Se fosse eu já tinha deixado o Eun Chul de lado há muito tempo... E quando a mãe dela aparece na história? Ri horrores! A mãe de Young Mi jura de pé junto que a filha é uma santa, que nunca sequer olhou nos olhos de um homem.



No mais, Sweden Laundry é um daqueles dramas super relax, que você assiste para passar o tempo, porque você quer algo leve e bem divertido. É um drama que tem a dose certa de comédia, a dose certa de melodrama e fantasia.  Recomendo para quem quer algo sem compromisso e despretensioso. Para dar boas risadas, se emocionar e curtir personagens bem interessantes com atores bastante talentosos... Além disso, o episódio 7 foi muito bom... Falou de tarados que atacam garotas na rua e lá na Coreia esses tarados são punidos severamente... A vítima é sempre a vítima, flw! Adorei como o episódio tenta ajudar/alertar as garotas/mulheres que são atacadas por esses tipos de homens. Não se calem, meninas. Denunciem sempre!!

Outra coisa... Não fiquem apenas nos primeiros episódios, eu mesma não consegui assisti só ao episódio um... estou ansiosa para saber como termina esse drama... Até agora, está em exibição até o episódio 10. Assim que terminar de ver, finalizo esse post dando minha opinião geral sobre todo o drama. Então, até a próxima, meus chibis lindos... Ja ne!!



K-Drama legendando em português:
Ver online: DramaFever; Viki

Entenda porque os links foram removidos

0 comentários:

Postar um comentário

Yooooo, Minnaaaa.... arigatou pela leitura... Comentem caso vocês tenham gostado dessa postagem... Caso postem comentários que não tenham nada a ver com o conteúdo do blog ou comentários ofensivos, os mesmos serão excluídos. Kissu...

 

AniMangá House Template by Ipietoon Cute Blog Design