terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Sailor Moon

Apesar da grande fama e popularidade do anime, o mangá de Sailor Moon nunca foi traduzido para o Brasil na época em que fazia o maior sucesso. Li o mangá num site online, há um tempinho atrás. O site foi removido, mas quem puder ler, vale super a pena. Eu amo demais essa história, então, tenho várias coisas para contar sobre ela, vou tentar ser breve (hahahahahahaha... eu disse que ia tentar =P) e tentar não esquecer de nada, ok?

Título: 美少女戦士セーラームーン /Bishōjo Senshi Sērā Mūn/ Bishoujo Senshi Sailor Moon/ Sailor Moon/ Graciosa Guerreira Marinheira da Lua ou Linda Guerreira Sailor Moon
Mangaká: Naoko Takeuchi
Gênero: Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama, Mahou Shoujo, Romance, School Life, Sentai, Shoujo, Shoujo-Ai
Publicação:
Mangá - 18 volumes (1991-1997)/ Licenciado pela JBC (12 volumes - 2014)
Anime - 200 episódios (5 temporadas - 1992-1997)
Tokusatsu (Pretty Guardian Sailor Moon) - 49 episódios + 2 especiais + concerto (2003-2004)

Sailor Moon, da mangaká Naoko Takeuchi (1991-1997)

Sinopse: Usagi Tsukino (ou Serena Tsukino, no Brasil) é uma garota alegre e bastante chorona. Um dia, ao ver uns garotos maltratando um pobre gato, ela resolve brigar com eles para salvar o animalzinho. Mais tarde, a gata, que na verdade se chama Luna e é uma gata falante, vai atrás de Usagi e lhe dá poderes para lutar contra as forças do mal que destruíram o Milênio de Prata e o Reino da Lua. Aceitando, mesmo com medo, a sua nova missão, Usagi se torna a primeira Sailor Moon e terá que reunir as demais guerreiras sailors para proteger a verdadeira princesa Serenity que reencarnara em alguma pessoa da Terra.

Na versão brasileira, diversas personagens tiveram seus nomes trocados. A própria heroína, Usagi (que significa coelho da lua, em japonês) teve seu nome mudado para Serena. O Endimion, o grande amor da princesa Serenity, reencarnou em Mamoru Chiba (que significa o protetor da Terra), que na versão brasileira ganhou o nome de Darien Chiba. A sailor Mercúrio de Ami Mizuno (amiga ou espírito da água) passou a ser Amy Mizuno, a sailor Marte Rei Hino (espírito do fogo) virou Ray Hino, a sailor Júpiter Makoto Kino (sinceridade ou a verdade da madeira) virou Lita Kino, a sailor Vênus Minako Aino (a bela filha do amor) virou Mina Minako e a ChibiUsa (pequena coelha), filha da princesa Serenity e Endimion que vem do futuro, recebeu o nome de Rini.



Sailor Moon foi exibido na antiga TV Manchete e, posteriormente, na TV Record, além de também ter sido exibido pelo Cartoon Network Brasil.

O anime também é bastante popular em Portugal, onde os personagens também tiveram seus nomes trocados. E vale ressaltar que os nomes escolhidos lá, são horríveis e não têm nada a ver com o original, nem os sobrenomes foram mantidos os mesmos. E acreditem, o nome que deram a Mamoru/Darien é ridículo, adivinhem qual foi? Gonçalo! Mas vai entender a lógica disso né? ¬¬

A criação da série em mangá de Sailor Moon foi baseado numa história anterior, também da Naoko Takeuchi, Codename wa Sailor V, por isso que tanto no mangá quanto no anime existe um jogo de video game no qual existe uma Sailor V, que mais tarde, na série, é assimilada como sendo a Sailor Vênus, que aparece depois que todas as sailors são recrutadas por Usagi. Já que Codename wa Sailor V conta as aventuras de Minako Aino, a sailor Vênus antes de se juntar ao grupo de Serena/Usagi.




A história de Sailor Moon teria apenas 3 volumes, mas as garotas com as vestes tradicionais das escolas japonesas (sailor fuku ou apenas seifuku) foram tão bem recebidas que Naoko escreveu mais quatro segmentos para a história. O que deu origem às 5 temporadas do anime.

O volume 11 é conhecido como o volume oculto da série, já que só existe em japonês e nunca foi traduzido por nenhum fansub. O volume 11 traz duas histórias independentes: Kaguya Hime no Koibito e Casablanca Memories. Nos volumes 5, 10, 15 e 17 são trazidas pequenas histórias (omake - os extras) no final de cada um deles, contando algumas aventuras de ChibiUsa e num deles é revelada a sua verdadeira idade, 902 anos.

Além do mangá e dos 200 episódios do anime, Sailor Moon ganhou algumas animações, como A Promessa da Rosa, um musical estilo Broadway e um tokusatsu. E tudo isso, porque Sailor Moon foi um ícone dos anos 90. Tanto que foi confirmado um remake das nossas guerreiras marinheiras desde o ano passado.

Pretty Guardian Sailor Moon, tokusatsu (2003-2004)

Cena do especial "A promessa da Rosa"

A história da Princesa da Lua e do seu grande amor pelo Príncipe da Terra emociona fãs de todo o mundo. Serenity é forte e sua fé move montanhas. Salvar o mundo com o poder do Cristal de Prata e dos Cristais das demais sailors é a sua grande missão, já que o Reino da Lua e o Milênio de Prata foram destruídos pelas forças do mal.

A única crítica que faço ao anime é por mostrar uma Usagi boboca na maioria das vezes e extremamente preguiçosa e dorminhoca. E muito mais chorona do que a original. Além disso, ela é super ingênua. Outra coisa que o anime traz, além de algumas mudanças na história, é fazer a Rei/Ray se apaixonar pelo Mamoru/Darien e disputá-lo com a Usagi/Serena. Totalmente sem noção isso, e claro, não tem nada disso no mangá. Muito pelo contrário, até os traços do desenho da Naoko são lindos! São traços suaves, leves e firmes. As expressões da Usagi são muito bem expressivas assim como a de todos os personagens.


Usagi/Serena do anime

Cena do volume 18. Usagi e Mamoru juntos.

Três curiosidades sobre Sailor Moon e Naoko Takeuchi. 1ª: Em uma entrevista, Naoko disse que criou a personagem Usagi para confortar as meninas que não iam tão bem na escola, na tentativa dessas garotas se identificarem com uma heroína que também ia mal nos estudos, por mais que estudasse. Além disso, mostrar que todas as cinco guerreiras eram apenas estudantes assim como as suas leitoras, ou seja, quer gerar maior identificação do que essa com seu público? Naoko Takeuchi soube como ser uma das mangakás mais bem sucedidas do Japão e uma das mais ricas também. 2ª: As canções dos openings e endings do anime são todas de autoria da própria Naoko Takeuchi, que além de mangaká também se mostrou ser uma grande compositora. 3ª: E para quem não sabe, Naoko é casada com um dos mangakás mais famoso e rico do Japão, Yoshihiro Togashi, o mesmo que criou as séries Yu Yu Hakusho e Hunter x Hunter.




Eu poderia falar milhões de coisas sobre Sailor Moon, relatar tintim por tintim cada temporada do anime, cada fase do mangá e todas as partes de que mais gosto/amo, mas vou deixar que vocês mesmos se interessem por essa história. E recomendo que leiam o mangá, a Usagi do mangá é muito diferente da Usagi/Serena do anime, mas de qualquer forma vocês vão adorar as duas \\o!! Além disso, eu recomendo que leiam o mangá, porque a história dele é muito densa, com direito até a uma relacionamento confuso entre as sailors Netuno e Urano e do beijo que Urano dá em Usagi... ui, ui... o mangá é muito mais cheio de surpresas hahahahahaaa.... não contarei mais nada!! [Atualização: A JBC anunciou esse ano que iria traduzir o mangá e lançar em 12 volumes + 2 especiais. Vamos aguardar, já estou ansiosa!!].





Mangá em Português - Sem Links
Licenciado pela JBC

Anime em português:
Ver online: Anime Ai; Animeq; Anitube

Tokusatsu online:
Fansub: Sakura Animes; Tokusatsus.ComBR

Entenda porque os links foram removidos

0 comentários:

Postar um comentário

Yooooo, Minnaaaa.... arigatou pela leitura... Comentem caso vocês tenham gostado dessa postagem... Caso postem comentários que não tenham nada a ver com o conteúdo do blog ou comentários ofensivos, os mesmos serão excluídos. Kissu...

 

AniMangá House Template by Ipietoon Cute Blog Design