quarta-feira, 25 de março de 2015

Mars

O que me fez amar essa história logo de cara foi o traço da Souryou Fuyumi. Esse estilo retrô com protagonista masculino meio bad boy, meio garoto carente precisando de cuidados me fez cair de amores ainda mais. Sim, por mais horrível que pareça, eu gostei - tipo, amor à primeira vista - do Rei. E mesmo gostando da Kira, me incomodava pacas o fato de ela ser tão certinha, mas depois entendemos o segredo que cada um esconde e esse shoujo de 1996, publicado há quase 20 atrás se mostra tão atual e tão incrível quanto as histórias de hoje.

Título: マース/ Mars/ Marte
Mangaká: Souryou Fuyumi
Gênero: Drama, Psicológico, Romance, School Life, Shoujo, Slice of Life
Outros Títulos: Tamara (2004)
Publicação:
Mangá - 15 volumes (1996)
Tw-Drama - 20 episódios (2004)
J-Drama - 16 episódios (2016)

Mars, da mangaká Souryou Fuyumi (1996)

Sinopse: Asou Kira é uma garota tímida e reservada. É sempre na dela e evita ao máximo se envolver com as demais pessoas. Kashino Rei é um típico delinquente e baderneiro. Sempre se envolve em confusões e pode ser extremamente violento e inconsequente quando perde o controle. Entretanto, por alguma força do destino, contrariando a tudo e a todos, Kira e Rei se conhecem e acabam protagonizando diversas reviravoltas para poder ficarem juntos.

Não sei por onde começar a falar sobre esse mangá. Terminei de ler há pouco tempo e ainda estou tentando me recuperar de tantas emoções fortes. Foram tantas reviravoltas ao longo desses 15 volumes que me sinto um tanto quanto apreensiva sem saber como vai sair essa postagem. Vou tentar fazer um resumão do que seria o enredo em si e falar um pouco sobre os tantos personagens que apareceram ao logo dessa história tão maravilhosa. Eu super me apaixonei por esse shoujo que guarda um dose de drama surpreendente. A Souryou Fuyumi já se tornou uma de minhas mangakás favoritas, sem dúvidas...




Kira e Rei, a princípio, não têm nada em comum. Mas aos poucos, tornam-se amigos. É óbvio que não se tornaram super amigos de uma hora para outra. Kira evitou contato com Rei  por bastante tempo, até perceber que ele não era a pessoa 100% ruim que ela imaginava. Através dessa amizade, eles também vão descobrindo uma afinidade muito grande e quando percebem já estão apaixonados. A forma como o relacionamento deles foi se desenvolvendo foi bastante espontânea. Muito impressionante a forma com que Souryou conduziu isso. Em nenhum momento parece algo forçado, muito pelo contrário, fica sempre mais claro o quanto eles foram feitos um para o outro.

Também não esqueçamos de mencionar que por Rei ser um cara bastante popular e Kira não, muitos torceram o nariz e alguns não conseguiram engolir esse novo casalzinho. Kida Tatsuya, grande amigo de Rei, mesmo que ele fosse apaixonado pela Kira desde o fundamental, não fez oposição à paixão dos dois. Mas eles eram amigos. Entretanto, alguns personagens, como Sugihara Harumi que tenta intimidar Kira para ela se afastar de Rei, são capazes de ferir para conseguir o que querem. Apesar de Harumi quase esmagar a mão de Kira, no final, elas acabam se tornando melhores amigas. Além de Harumi, outros dois personagens aparecem para dar um clima ainda mais tenso à trama: Sakurazawa Shiori e Kirishima Masao.



Rei beijando a estátua do deus Marte. Por causa dessa cena e por associá-lo ao deus, Kira nomeia o quadro que pintou de Rei com o nome de Mars.

Kashino Rei - apesar de ninguém saber, Rei é filho do dono de uma grande empresa de tecnologias. Vive sua vida da forma como quer e seu sonho é ser o melhor corredor do mundo. Apesar de ser um rapaz descolado e admirado por todos, Rei carrega um grande trauma. Seu irmão gêmeo, Sei, suicidou-se na sua frente. Além disso, ele não se entende com seu pai, que na verdade, não é seu pai de verdade. Não bastando seus conflitos familiares, Rei ainda é órfão de mãe.

Asou Kira - uma exímia desenhista. Por causa de um desenho seu, Rei passa a se interessar por ela e insistir para que fossem amigos. Mesmo com toda sua resistência em aceitar confiar nas pessoas, Kira acaba se acostumando com Rei e com sua promessa de sempre protegê-la. Kira mora apenas com a mãe já que seu pai biológico morreu num acidente de carro, mas quando seu padastro volta para casa, traumas de sua vida passada começam a lhe atormentar e coisas difíceis de lidar terão que ser superadas.

Quando Kira resolve enfrentar tudo, inclusive as ameaças de Harumi, para poder ficar sempre perto de Rei.

Kida Tatsuya e Sugihara Harumi - consideram-se os melhores amigos de Rei e Kira. No começo, Tatsuya é apaixonado por Kira, mas percebe logo que ela já está apaixonada por Rei e que não tem nenhuma chance com ela. Harumi, no início, parece ser a vilã mocreia mais sem noção de todas, mas no fim ela percebe que Kira ama tanto Rei que se sua mão direita fosse totalmente esmagada ela ainda assim, deixaria de desenhar, que é sua paixão, só para ficar ao lado de Rei. Aos poucos, Tatsuya e Harumi ficam bastante próximos e tornam-se um casal. Rei, Kira, Harumi e Tatsuya tornam-se super amigos.

Katayama Akitaka e Kyoko - Akitaka é um grande amigo de Rei. No início do mangá, é ele quem Rei vai visitar no hospital depois de saber que o amigo corredor tinha sofrido um acidente e tido a perna direita amputada. Sem poder mais correr, Akitaka dá de presente a Rei a sua Ducati Monster. Kyoko também é corredora, a única mulher do time Katayama. Depois da corrida de 8h de Suzuka ela resolve se aposentar e cuidar do marido, Akitaka.

Quadro que Kira fez usando Rei como modelo. É através desse quadro que Shiori acaba aparecendo e tentando de todas as formas ter o Rei de volta para ela.

Kurasawa e Yoshioka-sensei - Ambos eram, respectivamente, aluno e professor da escola onde Kira e Rei estudavam. Apesar da aparência gentil e justa, Yoshioka-sensei tenta abusar sexualmente de Kira. Rei descobre e faz com que Yoshioka largue tudo e se demita da escola. Kurasawa é um dos membros do clube de artes do qual Kira faz parte. Apesar de ser um pintor promissor, suas pinturas não têm vida. O que faz com que ele roube um esboço de Kira (o que ela prometera dar de presente a Rei) e ganha o concurso de melhor pintura. Entretanto, após ter uma conversa com Rei, o remorso de Kurasawa é tão grande que ele tenta suicídio, mas felizmente não morre.

Hamazaki Shigeo e Ken-chan - Hamazaki é o senpai que planejou dar uma surra em Rei, porque este ao descobrir do plágio de Kurasawa, invadiu a sala do 3º ano e fez a maior baderna. Para se vingar, Hama-chan tentou dar uma surra em Rei, mas acabou quase tendo sua orelha arrancada. Após esse, episódio, ele se torna amigo de Rei e dos demais. Quando se forma, passa a trabalhar nos negócios da família. Ken-chan é um dos vizinhos de Rei, ele é lutador de boxe e apesar de parecer mais velho tem apenas 19 anos e é muito sensível.




Sakurazawa Shiori e Takemura Shuuichi - ex colegas de Rei e de Sei da antiga escola que eles estudavam, Seiwa. A mesma escola onde Sei cometeu suicídio se atirando do terraço do prédio. Shiori era muito amiga dos dois irmãos, chegou a namorar Sei, mas acabou trocando Sei pelo irmão. Takemura era mais próximo de Sei e quando ele descobre através de Shiori um quadro de Kira exposto numa galeria de artes do concurso que ela ganhou, ele resolve ir atrás de Rei para satisfazer a vontade da mimada e instável Shiori. Eles aparecem no final do volume 3 ou 4 se não me engano, mas na minha humilde opinião, nada foi mais insuportável do que ver a Shiori se rastejando pelo Rei e fazendo de tudo para chamar a sua atenção.

Sonoko Shiina e Kashino Takayuki - porta-voz do pai de Rei. É ela quem tenta convencê-lo a voltar para casa do pai e a concluir os estudos. Mas Rei é muito teimoso e recusa qualquer investida. Takayuki é o responsável de Rei. Apesar de não ser o pai biológico dos dois irmãos gêmeos, ele amava os dois como se fossem seus próprios filhos.


Kashino Akihiko e Shouko - Akihiko é o tio de Rei que morreu num terrível acidente enquanto disputava uma corrida de automobilismo, que era sua paixão. Shouko, ao saber da morte de Akihiko, acaba se tornando excessivamente protetora. Sua obsessão é tão grande que ela acaba tendo que ser internada numa clínica psiquiátrica para poder se tratar de sua psicose.

Esses dois personagens, apesar de serem apenas mencionados ao longo da trama, já estão falecidos. Akihiko morreu depois que o carro explodiu e Shouko tentou suicídio. Embora Akihiko nunca tenha sabido da existência de Rei e Sei e apesar de os gêmeos nunca terem conhecido o tio, a história desses dois personagens, Akihiko e Shouko, guarda profundos e terríveis segredos.




Sumire-chan - vizinha travesti de Rei. Sofreu abuso quando criança, mas conseguiu superar o trauma. Trabalha numa boate fazendo shows e é ela quem vai ajudar Kira a se adaptar à nova vida. Já que Kira acaba fugindo de casa depois de um momento sozinha com seu padastro.

Kirishima Masao - Deixei para falar desse personagem por último, porque ele me fez muita raiva. O cara foi desde o início, o maior psicopata da trama inteira. Kirishima era um simples kouhai do 1º ano que de tão franzino e frágil, era confundido por todos com uma garota. Entretanto, de frágil, ele não tem nada. Apesar de ter sofrido muito, por isso as diversas cicatrizes pelo seu corpo, Kirishima tem uma obsessão por Rei. Para tentar resgatar o Rei violento, ele é capaz de tudo. Inclusive de tentar matar Kira. Mas o que esperar de uma pessoa que já tinha matado alguém antes? Kirishima, depois de tentar matar Kira, é internado num centro psiquiátrico, mas é liberado depois. Gente, vou te contar, quase surtei quando tava lendo o volume 15... kami-sama, haja coração!




Se você acha que Mars é um shoujo bestinha cuja heroína é cheia de frescurinhas e mimimi, se engana. Kira é uma personagem forte, otimista e ao mesmo tempo, cruel. Como todos nós temos um lado cruel dentro de nós. Rei é apresentado como violento, mas ao passo que você vai lendo, vai entendendo que Rei é um cara traumatizado. Cheio de lacunas a serem preenchidas. Sobretudo, acerca de seu passado. Quem é seu verdadeiro pai? O que realmente motivou o suicídio de Sei? Por que sua mãe vivia sempre num hospital? Por que ele era daquele jeito?

Kira vai conseguindo ultrapassar barreiras. Vemos uma menina frágil, mas quando vamos lendo, vamos entendendo o universo no qual Kira se enfiou. Vamos entendendo o porquê de ela evitar tanto o contato com outras pessoas. Kira não é mais uma garota indefesa. E isso fica ainda mais claro quando ela se defende de seu padastro e acredita tê-lo matado. Após esse episódio, Kira foge de casa e vai morar com Rei. Muitas reviravoltas vão acontecendo ao longo da história. Muitas reviravoltas mesmo, mas a ligação entre Kira e Rei é tão forte que não conseguimos deixar de acreditar que o destino deles é mesmo ficar juntos para sempre. Super recomendo a leitura!! Amei de paixão esse mangá. E posso até dizer, foi um dos shoujos mais densos e complexos que já li recentemente. Super recomendo: RECOMENDADÍSSIMO!! Espero que vocês também se apaixonem por essa história. Até a próxima, chibis!! Ja ne.




Mangá em português:
Scans: Hwey. Toshi wa Yume; Tsumi (sem link)

Tw-Drama legendado em português:
Fansub: Why Why Dramas (necessita cadastro)

J-Drama legendado em português:
Fansub: Kingdom Fansub (necessita cadastro)

Entenda porque os links foram removidos

0 comentários:

Postar um comentário

Yooooo, Minnaaaa.... arigatou pela leitura... Comentem caso vocês tenham gostado dessa postagem... Caso postem comentários que não tenham nada a ver com o conteúdo do blog ou comentários ofensivos, os mesmos serão excluídos. Kissu...

 

AniMangá House Template by Ipietoon Cute Blog Design